As ervas mágicas das bruxas






Durante séculos o paganismo existiu livremente e foi a principal religião dos povos europeus, especialmente os do Leste. Mas a introdução do cristianismo na Europa destruiu essa cultura ancestral e tudo que estivesse relacionado a ela era imediatamente associado ao demônio!

Os sacerdotes e sacerdotisas dos Deuses pagãos foram denominados de bruxos e bruxas, respectivamente, e seu conhecimento sobre as tradições e os costumes ancestrais foi brutalmente perseguido pela igreja católica, especialmente a romana.

Diante desse feroz etnocídio as bruxas decidiram ocultar seu conhecimento através de artifícios e manobras inteligentes, uma delas foi a criação de apelidos para as plantas. Temendo que pessoas inescrupulosas adquirissem conhecimento sobre os poderes mágicos e curativos da natureza, as bruxas escreviam ou memorizavam seus feitiços utilizando os apelidos das plantas.

Como a tradição pagã passou a ser transmitida apenas em pequenos grupos, era praticamente impossível para os inquisidores ou leigos descobrirem o verdadeiro nome da planta associada a um determinado pseudônimo.

Isso garantiu às bruxas liberdade para cultivar em seus jardins domésticos as ervas necessárias para seus feitiços, sem levantar suspeitas nas demais pessoas. Segue abaixo uma lista das principais ervas utilizadas milenarmente pelas bruxas e seus apelidos:
Agropyron repens: chamada pelas bruxas de "grama de feiticeira" é popularmente conhecida como grama-canina, grama-da-tosse, grama-dos-nervos, capim-de-burro, graminha, pata de galinha, grama comum ou grama fina.
Allium sativum: chamado pelas bruxas de "dente de defunto" é popularmente conhecido como alho.
Calluna vulgaris: chamada pelas bruxas de "vassoura de feiticeira" é popularmente conhecida como urze branca, ling ou simplesmente urze.
Capsella bursa-pastorischamada pelas bruxas de "bexiga de pastor" ou "bolsa de bruxa" é popularmente conhecida como bolsa-de-pastor.
Conium maculatum: chamada pelas bruxas de "erva de feiticeira" é popularmente conhecida como cicuta venenosa, ou simplesmente cicuta.
Chamaelirium luteum: chamada pelas bruxas de "estrela em chamas", "caco do diabo", "varinha de fada" ou "pé de druida velho" é popularmente conhecida como falso unicórnio ou helônias.
Cogumelos: quando se trata de apenas um é chamado pelas bruxas de "chapéu de gnomo" e quando se trata de um círculo de cogumelos são chamados de "anéis de fada". 
Cynoglossum officinalechamada pelas bruxas de "língua de cachorro", "dente de cachorro" , "camundongo" ou "rato" é popularmente conhecida como flor de cigana.
Digitalis purpurea: chamada pelas bruxas de "sinos de feiticeira" ou "luvas de feiticeira" é popularmente conhecida como dedaleira ou luva-de-senhora.
Hyoscyamus niger: chamada pelas bruxas de "raio de Júpter" ou "veneno negro" é popularmente conhecida como erva-moura fedorenta, noturna fedorenta ou veneno de galinha.
Panax ginsengchamada pelas bruxas de "raiz de feiticeira" é popularmente conhecida ginseng.
    Rosaceae: o botão de rosa é chamado pelas bruxas de "coração de uma virgem", a flor desabrochada é chamada de "ventre de mãe" e as pétalas são chamadas de "lágrimas de viúva". Popularmente essa planta é conhecida como rosa.
    Ruta graveolens: chamada pelas bruxas de "asas de fada" é popularmente conhecida como arruda.
    Sempervivum tectorum: chamada pelas bruxas de "escamas de dragão", "barba de Júpter" ou "olho de Júpiter" é popularmente conhecida como sempre-viva-mais, consolva e alcachofra-de-gatos.
    Verbascum thapsus: chamada pelas bruxas de "círio de bruxa" ou "vela de bruxa" é popularmente conhecida como barbasco, verbasco, tripo, pavio e Mullen.
    Veronica officinalis: chamada pelas bruxas de "sementes mágicas da saúde" ou "erva de cigano" é popularmente conhecida como Verônica, grama-de-cigano e grama-roxa.
    Vinca minorchamada pelas bruxas de "estrela roxa" ou "violeta de feiticeiro" é popularmente conhecida como pervinca ou pervinca anã.
    Verbena officinalis: este apelido é para a espécie de verbena que cresce na Europa mas há centenas de tipos de verbenas e essas ervas possuem outros apelidos. A Verbena officinalis é chamada pelas bruxas de "erva de bruxa" ou "planta de encantamento" sendo popularmente conhecida como verbena europeia, planta de mosquito ou hyssop selvagem.


    Veja também esta interessante postagem

    FEITIÇO DA PAIXÃO ARDENTE


    DIGITE O QUE VOCÊ QUER SABER