Preparando um Ritual Wicca

Um ritual Wicca pode ser realizado por um bruxo solitário ou por uma Coven. Geralmente as covens executam peças míticas, onde cada bruxo executa um papel pré-definido no ritual. Seja como for, é importante executar alguns atos precedentes:

1 - Verifique a fase da lua

Todo wiccano conhece bem as fazes da lua e a que cada uma delas se destina. Deste modo, observe se o seu ritual está sendo realizado na fase da lua adequada e de acordo com os oito dias de poder. Muitos rituais são apenas de celebração, mas há também rituais para trabalhos de magia e estes, em especial, se forem realizados na fase da lua errada não surtirão qualquer resultado.

2 - Banho antes do ritual

Um banho é fundamental para "limpar" o bruxo antes de iniciar o ritual. Limpe-se bem, pois se você está limpo e purificado estará mais confiante para contatar a Deusa e o Deus.
Há um banho purificador muito antigo, descrito no livro "As chaves de Salomão". Segue abaixo a receita:
Pegue um pano de algodão branco e virgem (nada de tecidos sintéticos) e encha-o com porções iguais das seguintes ervas: alecrim, erva-doce, lavanda, manjericão, tomilho, hissopo, verbena, menta e valeriana. Amarre o saquinho com uma tirinha feita do mesmo tecido e dê 7 nós.
Em seguida, tome um banho com água passando por você (chuveiro, cachoeira, etc.) e esfregue o saquinho com as ervas por todo o corpo, especialmente na nuca e ombros.
Jamais tome este banho em água parada (como uma banheira ou piscina), pois ele não funcionará.
3- Escolha da roupa e adereços

Para muitos wiccanos a vestimenta é fundamental para o ritual. Há aqueles que fazem rituais nús, mas são pouquíssimos.
A vestimenta pode ser feita pelo próprio bruxo ou comprada em uma loja, entretanto, deve respeitar as seguintes cores: 
Amarelo: é uma cor excelente para aqueles envolvidos em adivinhação.

Roxo: é favorável aos que trabalham com o poder divino puro (magos) ou que desejam aprofundar sua consciência espiritual acerca da Deusa e do Deus.

Azul: é indicado para curandeiros e para os que trabalham com sua consciência psíquica ou para sintonizar-se com a Deusa em Seu aspecto oceânico.

Verde: fortalece os herbalistas e os ecologistas mágicos.

Marrom: é usado por aqueles com ligações com os animais ou que lançam encantamentos por eles.
Branco: simboliza a purificação e a espiritualidade pura, sendo também perfeito para a meditação e rituais de purificação. É utilizado ainda em rituais da Lua Cheia, ou para acessar a Deusa.
Laranja ou Vermelho: podem ser utilizados em Sabbats, para ritos de proteção ou sintonizar-se com o Deus em seu aspecto Solar.
Preto: é uma cor popular. Ao contrário das crenças populares, o preto não simboliza o mal. É a ausência de luz e a junção de todas as cores. É uma matiz protetiva e simboliza a noite, o universo e a ausência de falsidade. Quando um Wiccano veste um robe preto, ele está vestindo a escuridão do espaço - simbolicamente, a fonte suprema de energia divina.

As jóias e adereços também possuem simbologia e poder e devem ser confeccionadas respeitando a destinação mágica de seus componentes, por exemplo, não faz sentido você fazer um ritual para a Deusa e cobrir-se de ouro, que é um metal ligado ao Deus! Para consagrar a Deusa deve-se usar cristais, diamantes, pérolas, prata, etc.
Um fato que deve ser observado é que pessoas não-iniciadas (que não possuem conhecimento wicca suficiente para compreender os rituais) costumam usar bijuterias como amuletos, comprados em lojas comuns.
Estes objetos não possuem qualquer poder, pois não são feitos com materiais tirados diretamente da natureza. Não adianta fazer um ritual para a Deusa e usar um colar de pérolas de plástico, ou anéis de vidro imitando cristais. 
Exatamente por isso, é mais comum ver bruxos utilizando amuletos feitos de ervas (saquinhos), cristais, pedras comuns, etc. Pois pérolas, ouro e prata são muito caros!
Mas lembre-se, não é necessário ter estes objetos para fazer o ritual, pois é a sua fé que interessa aos Deuses!

4 - Montagem correta do Círculo Mágico e do Altar Wicca

Há dois posts em nosso blog explicando como montar um altar wicca e como fazer um círculo mágico. Mas neste momento, é importante que você saiba que tanto o altar quanto o círculo devem ser respeitados.

Os bruxos não possuem templos (como os cristãos), por isso, nosso local sagrado para realizar rituais é dentro do círculo mágico. Os iniciados compreendem isto muito bem, mas as demais pessoas não conseguem vislumbrar a relação entre o círculo e o templo.

Para os magos antigos o círculo mágico era apenas utilizado para proteção, há inclusive círculos mágicos em várias religiões (como na Cabala judaica) utilizados apenas para este fim.
Para os wiccanos o círculo mágico não tenta proteger o bruxo do que está fora, mas conectá-lo ao que está dentro, pois quando um wiccano fecha o seu círculo mágico e fica dentro ele inicia sua conexão com o Deus e a Deusa e só sai do círculo quando termina seu ritual. Muitos bruxos sentem um calor muito grande dentro do círculo, ou sensação de sufocamento. Isto prova que o círculo wicca tem poder principalmente dentro.

Do mesmo modo que católicos, por exemplo, vão à igreja para a missa e sentem a presença  de Deus no ambiente, o wiccano ao fechar o círculo sente a presença dos Deuses, emocionando-se e sentindo paz do mesmo modo que os católicos na igreja. Para os wiccanos o círculo mágico é um templo!
O altar wiccano deve ficar dentro do círculo mágico, ou seja, dentro do templo wicca. Aliás, isto é comum a quase todas as religiões do mundo, os altares geralmente ficam dentro dos templos.