Ritual de Iniciação para bruxos e bruxas solitários(as)






A Iniciação é uma cerimônia que marca a entrada de um simpatizante no mundo da bruxaria. É o momento de tomada da consciência de ligação com o Reino dos Deuses, quando os canais que nos colocam em contato com estes antigos Deuses são abertos.

Para os wiccanos há três rituais de passagem que marcam a vida de um bruxo, quais sejam: quando a pessoa ingressa no mundo da bruxaria, quando se tornar plenamente um bruxo e quando atinge o mais alto grau da magia.
Para os wiccanos, o prazo mínimo para se fazer  o ritual de iniciação é após um ano  e um dia de estudo e prática. Para os demais bruxos, este tempo é indeterminado, podendo demorar até mais tempo.

Para os bruxos que pertencem a uma coven, este ritual marca o ingresso na comunidade pagã. Já para os bruxos solitários este é um momento singular, onde o praticante se sente à vontade para se tornar efetivamente um bruxo, tendo consciência de que esta condição será pelo resto de sua vida.

Um bruxo ou bruxa é um(a) sacerdote(isa) da Deusa Mãe e acima de qualquer coisa, deverá devotar-se a Ela. Entretanto, a bruxaria não é monoteísta e seu panteão é muito grande.

ATENÇÃO: Não tenha pressa em se iniciar. Pergunte-se: afinal, porque eu quero me iniciar? Se a resposta for: porque sou um(a) bruxo(a) e serei sempre, não tenho dúvidas da minha religião. Então faça o ritual.

Sugiro aos simpatizantes, que já estão estudando há pelo menos um ano e um dia, que façam este ritual durante o Imbolc, em noite de Lua Crescente, Cheia ou Nova. Jamais na Lua Minguante!


  • Objetos

1 corda de bruxa (com 3 metros de comprimento e trançada com uma fita roxa, uma preta e uma branca)
Todos os seus instrumentos mágicos (Athame, Bollíne, Espada, Cálice, Caldeirão, Velas, Bastão ou Varinha Mágica, Incensário com incenso, Pentáculo, Flagelo, Vassoura, Sino, Livro das Sombras, Cornucópia, Cristais e Pêndulo)
1 Cálice de vinho
Incensos de sândalo
1 Roupa roxa ou preta para a cerimônia
1 Toalha roxa para o altar
1 Vela branca
1 Vela roxa
1 Vela preta

  • Ritual

Em um local onde você tenha contato com a natureza (pode ser no jardim da sua casa, mas se não tiver, faça no quarto mesmo), faça um círculo mágico bem grande com a sua varinha, invocando os quatro elementos. No centro do círculo deve estar o seu altar montado com todos os instrumentos mágicos, o cálice de vinho e os objetos ou imagens que você utiliza para representarem o Deus Pai e a Deusa Mãe.

Fique de pé diante do altar e comece invocando a Deusa Mãe:


Eu invoco Você, Deusa, que é a semente que germina na primavera, 
o campo do verão e as árvores com neve no bosque do inverno.

Deusa dos Dez Mil Nomes.
Sua presença pode ser sentida em tudo, pois sem Você nada pode prosseguir 
e com Você tudo é possível.

Venha Grande-Mãe,
Adentre nesse Círculo e me abençoe, 
pois sou sua criança e retorno a ti no amor.

Invoco Você, Senhora, que nos dá as dádivas das canções que surgem do coração,
a alegria do pôr-do-sol no outono e o refrescante toque das águas.
Você que é a Incriada e a Criadora, a beleza dos céus e da Terra.

Deusa Tripla, Donzela, Mãe e Anciã, 
plena em suas sagradas faces.
Venha Grande-Mãe,Adentre nesse Círculo e me abençoe, 
pois sou sua criança e retorno a ti no amor.

Que a Lua guie meus caminhos e que as estrelas iluminem minha jornada rumo a Você,
Mãe das Mães
Abençoada seja Joia-Guia, 
Joia da noite
Abençoada seja Grande-Mãe do Mundo
Abençoada seja Senhora dos Céus
Abençoada seja Rainha das Estrelas
Abençoada seja em suas múltiplas faces e infinitos nomes.
Venha Grande Mãe, adentre nesse Círculo e me abençoe, 
pois sou sua criança e retorno a ti no amor.

Em seguida, invoque o Deus Pai:




Eu invoco o Deus, o Filho, o Irmão, o Amante e consorte da Deusa.
Você que é o cervo que caminha pela floresta, 
o mar que recebe as ondas e o Sol que aquece a Terra.

Venha Galhudo,
Adentre em meu círculo de luz e amor 
e traga sua alegria e jovialidade ao meu rito.

Invoco Você, Deus, que conduz a dança espiral da vida, morte e renascimento.
Você que é a vida abundante, 
a morte da colheita no outono e o grão que nasce e cresce.

Venha Galhudo,
Adentre em meu círculo de luz e amor 
e traga sua alegria e jovialidade ao meu rito.

Invoco Você, Deus, 
que é o guardião dos portões existentes entre a vida e a morte,
o rei do outro mundo.

Venha Galhudo,
Adentre em meu Círculo de luz e amor 
e traga sua alegria e jovialidade ao meu rito.
Traga sua força, esperança e paz,
pois tudo o que Você é vem da Grande-Mãe, 
que é a Mãe de tudo.

Venha Galhudo,
Adentre em meu Círculo de luz e amor
e traga sua alegria e jovialidade ao meu rito.

Segure a corda de bruxa e erga os braços como se a estivesse oferecendo aos céus, enquanto pronuncia as seguintes palavras:
Pela roda do ano passei e minha fé se firmou 
na presença de Vós, Deus Pai e Deusa Mãe,
consagro-me bruxo(bruxa)

Passe a corda pela sua cintura e dê um nó. Repita este processo mais seis vezes, para que você fique com sete nós na cintura.

Segure o cálice de vinho e o seu livro das sombras e diga as seguintes palavras:


Vejam poderosos Deuses, espíritos e demônios,
por esta lua, por esta terra e por meu espírito,
entrego-me a bruxaria!
Pertenço a Ti, Deusa Mãe
Sou seu(ou sua) sacerdote(ou sacerdotisa)
De agora em diante é o poder da Deusa que me comanda
e só a Ti eu amo e sirvo, 
minha Senhora e minha Deusa!

Coloque o livro das sombras sobre o altar e segure o cálice de vinho com as duas mãos. Erga os braços segurando o cálice e diga as seguintes palavras:

Este vinho simboliza o meu sangue,
 feito da fruta da terra, vindo da natureza.
Consagro este vinho como prova da minha aliança,
que nunca mais poderá se desfazer! 

Beba o vinho e permaneça por alguns segundos de olhos fechados. Sinta o poder da Deusa e do Deus. Sinta que você agora está ligado ao divino poder dos antigos Deuses.

Feito isto, desfaça o círculo mágico e deixe as velas sobre o altar queimarem até o fim, até que elas acabem naturalmente. Quando as velas derreterem, guarde a cera em um vidro e deixe-o em local seguro. Esta cera das velas será usada no seu último ritual de passagem, para o nível mais alto da magia.

Desate os sete nós da corda de bruxa e guarde esta corda. Ela estará com você pelo resto de sua vida e poderá ser usada em outros rituais futuros, como no Rito de unção dos seus filhos, no Wiccaning dos seus filhos, nos Ritos de puberdade dos seus filhos, no seu Handfasting (casamento pagão) e no seu Réquiem (funeral).

ATENÇÃO: Caso você não se sinta bem após o Ritual de Iniciação, aterre as energias sentando-se com as mãos e os pés espalmadas no chão. Você sentirá a energia em excesso fluir para o interior da Terra. Sentirá a calma, força e resistência da Terra. Permaneça assim por alguns minutos. Quando você se sentir pronto(a), agradeça à Terra e levante-se.


Assista este interessante vídeo do nosso canal